30/11/2015

Desodorante Caseiro: Minha Opinião e Como Fazer

Eu estava um bocado insatisfeita com os vários desodorantes que eu tinha em casa. Sem falar numa alergia que eu tinha próximo às axilas. Por essas e outras resolvi dar uma chance para o Desodorante feito em casa. Não foi fácil já que eu tinha muitos preconceitos. Eu pensava:

  • Por que fazer  se dá pra comprar um bonitinho e cheirosinho?
  • Hum! Isso vai lá funcionar com o calor que faz aqui. 
  • Meu Deus! Já faço tanta coisa, agora vou fazer desodorante! Deve dar um trabalhão!
  • Isso é coisa de hippie, né não?
Então eu pesquisei e descobri que fazer desodorante em casa além de fácil é muito barato. Geralmente quem opta por fazer o próprio desodorante são pessoas que tem alergia ou que acreditam que os desodorantes comerciais têm componentes prejudiciais à saúde e querem ficar livres deles. Daí, resolvi testar. Que surpresa booooa! Veja algumas vantagens que consegui alistar:

1.  Sim, o desodorante caseiro funciona! E olha que testei por vários dias e num calor daqueles!
2.  É barato.
3.  É muito fácil de fazer.
4.  Não impede o suor. A princípio isso pode parecer ruim. Mas, considerando que o suor é uma forma que o corpo tem para eliminar toxinas prejudiciais, eu diria que esse é um ponto positivo.
5.  Geram um impacto ambiental menor, pois quem faz normalmente reutiliza a embalagem.
6.  Poucos dias depois que comecei a usar fiquei livre da alergia. Mas neste caso é importante se certificar de não ser alérgico aos componentes do desodorante caseiro.

Ainda não decidi abandonar por completo o uso dos desodorantes comerciais. Mas a verdade é que desde que comecei a usar o caseiro fui surpreendida pela eficácia dele.

Agora veja como fazer:


É só misturar os ingredientes acima e colocar num frasco spray. Usei a pedra hume em pó. Ela serve para estancar pequenos cortes e, por isso, é comumente usada por manicures e em barbearias. É também um desodorante eficiente. Já a glicerina atua como um hidratante. Esses produtinhos são facilmente encontrados em farmácias.

 É importante identificar o produto na embalagem que for usar e, como qualquer outro, ter cuidado com crianças e animais.

Por conter muita água, este desodorante escorre bastante. Até agora considero este o único inconveniente. Assim é preciso esperar um pouco para se vestir se não quiser molhar sua roupa.

É possível colocar fragrância acrescentando algumas gotas de óleo essencial. Ou usá-lo sem fragrância se além de desodorante você usar hidratantes perfumados ou o próprio perfume.

E vocês, já pensaram em fazer o próprio desodorante?






.